jura secreta 77

tua língua
ainda trago em minha boca
gengiva mastigada
espasmo de orgasmo
e sangue

te devorei no mangue
entre
o que restou do mar
e a restinga

a flora a fauna
ainda virgem

piratininga
inda era uma lagoa
poesia
existia
não só em
fernando pessoa

agora

cobras lagartos jacarés
siris famintos no deserto
água alguma
e sede
tanta

se eu não beber
nas flores
do mal me quer
nos líquidos dessa
mlher

para aplacar meus desenganos

quem serei eu
daqui há 20
ou poucos
anos
?

arturgomes
http://goytacity.blogspot.com

Anúncios

Sobre fulinaima

poeta, ator, produtor cultural, vídeo maker
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s